5 motivos para fazer Intercâmbio com Agência

Desde 2015, a Belta – primeira Associação de Agências de Intercâmbio no Brasil, instituiu o Selo Belta, um selo de qualidade para as agências de intercâmbio que comprova suas condições técnicas e saúde financeira, além de apresentar diversas cartas de referências de suas acreditações para comprovar sua idoneidade no mercado brasileiro.

Um dos principais motivos antes de iniciar nossa lista é a importância das agências de intercâmbio que empregam milhares de brasileiros e contribuem para nossa economia funcionar. Só para você ter uma ideia, a Belta representa 75% do mercado de educação internacional, em números…estamos falando de mais de 600 agências de intercâmbio entre franquias e pontos de vendas!

Agora que você já sabe um dos motivos extras, veja os 5 motivos do porquê você deve escolher fazer o seu intercâmbio com uma agência:

  1.       Segurança: você está protegido pela lei do consumidor

As agências de intercâmbio são responsáveis legalmente por tudo que vende quando você assina seu contrato, por isso, é importante ter o acompanhamento de uma agência séria, que cuidará desde o seu curso, passagens até sua acomodação. Leia atentamente seu contrato, nele, há cláusulas importantes como multa por cancelamento e detalhes do pacote. Lembrete: imprevistos podem acontecer. Entender se terá prejuízo caso desista de realizar a viagem e/ou precise postergar são importantes antes de assinar.

  1.       Atendimento de um profissional especializado

O profissional deve já ter experiência no destino escolhido por você e/ou treinamentos e informações completas sobre o pacote como um todo. Ou seja, perceba o grau de instrução, os detalhes que ele te passar sobre preço, hospedagem, aéreo… enfim tudo pertinente para a realização do intercâmbio. Os agentes da Belta são treinados periodicamente para oferecer um serviço de qualidade.  Fique atento se a agência é certificada pela Belta.

  1. Um mundo de opções!

As agências Selo Belta representam instituições sérias e isso evita surpresas desagradáveis como, por exemplo, a escola e a acomodação serem bem diferentes do que você leu na internet. Além disso, as agências têm diversas opções de escolas e vão te oferecer a que mais se encaixa no seus objetivos seja em qualidade ou em orçamento.

  1.       Suporte no pré, durante e pós viagem

Sentir aquele frio na barriga antes de embarcar, é super normal, mas é muito importante que você esteja se sentindo seguro e confortável durante toda sua experiência. Por isso, as agências Belta oferecem um suporte antes do seu embarque, durante a sua viagem e no seu retorno. Durante a pandemia, muitas agências auxiliaram estudantes que estavam fora do país a retornarem ao Brasil com segurança. 

  1.       O intercâmbio é personalizado

Se você ainda tem muitas dúvidas quanto ao país de destino ou sobre o curso, a agência de intercâmbio irá se atentar a todos os detalhes para oferecer a você uma experiência que combina com o seu perfil, desde pequenos detalhes como fazer perguntas sobre seus gostos, para ver se você se dá melhor em destinos com neve ou sol, por exemplo, até as melhores opções de cursos, tempo para aprender o idioma, escolas e acomodações. Tudo será pensado para combinar com o seu planejamento financeiro e seus gostos pessoais.

Saiba mais informações em www.belta.org.br ou envie um e-mail para [email protected]

ESSA POSTAGEM É PATROCINADA PELA BELTA.
UMA VEZ POR MÊS A ASSOCIAÇÃO CONTARÁ COM UM POST NESTE SITE.

Quais são os países que exigem seguro viagem?

Já comentei por aqui, no YouTube, em todo lugar: o seguro de viagem é uma daquelas coisas que ninguém quer pagar ou investir, mas que é super necessário. Claro, seria muito mais legal investir a grana do seguro em alguns dólares ou eurinhos a mais para gastar durante a viagem, eu sei. Hoje eu quero te contar mais sobre os destinos que exigem o seguro de viagem, independente de você querer pagar por ele, ou não.

O Tratado de Schengen por exemplo, é um acordo feito pelos países europeus que determina algumas regras para o turismo, ou outros tipos de vistos, por lá. Uma das exigências do acordo é a contratação de um seguro viagem de no mínimo €30.000 de cobertura, uma garantia de que a pessoa estará segurado em qualquer imprevisto.

Com um seguro viagem em mãos, você consegue circular livremente nos países que pertencem ao Tratado. Basta apresentar o seguro juntamente do passaporte ao entrar em cada fronteira, durante uma eurotrip por exemplo.

Lista de Países que fazem parte do Tratado de Schengen:

Alemanha
Áustria
Bélgica
Dinamarca
Eslováquia
Eslovênia
Espanha
Estônia
Finlândia
França
Grécia
Hungria
Islândia
Itália
Liechtenstein
Letônia
Lituânia
Luxemburgo
Malta
Noruega
Países Baixos
Polônia
Portugal
República Tcheca
Suécia
Suíça

Há ainda quatro países que não fazem parte da União Europeia, mas que aderiram o Tratado de Schengen e suas exigências: Islândia, Suíça, Noruega e Liechtenstein.

Além dos países acima, existem alguns outros que exigem seguro viagem para que o turista possa entrar no país de destino, como é o caso de Cuba,  que exige cobertura mínima de US$ 10.000 para assistências médicas. Na Venezuela, a cobertura mínima é de US$ 40.000 para coberturas de assistência médica. Já a Austrália, apesar de exigir seguro viagem, não estipula valor da cobertura.

Por experiência própria eu indico fazer seguro de viagem pra quando você viajar para os Estados Unidos, não é obrigatório, mas o sistema de saúde lá não é público e muito pelo contrário, é super caro! Então melhor prevenir, porque nem uma ida rapidinha para tomar um soro por exemplo, vai ser barato. Infelizmente!

E pra te deixar um pouco feliz e economizar no Seguro de Viagem, indico o EASY SEGUROS que eu uso em todas as minhas viagens e nunca me deixou na mão, por isso descolei um desconto especial que você pode conseguir clicando nesse link aqui: CLIQUE AQUI   e usando o código CABIDE15OFF

Beijo e boa viagem!

Sempre viaje seguro!

Sempre falo, não importa quanto tempo você for passar no exterior, é importante ter um seguro viagem!

Infelizmente coisas ruins podem acontecer em qualquer lugar, por isso é importante você estar assegurado e tranquilo durante a sua viagem Por este motivo, venho indicar o seguro de viagens que eu sempre uso e adoro: EASY SEGUROS VIAGEM.

Só ele tem atendimento 24h em português, onde você estiver. O EASY cuida de viajantes em todos os continentes desde 1951, e conta com a OMINT, a melhor cobertura do mercado.

O EASY é super flexível e oferece coberturas diferentes para cada etapa da vida e para cada um dos seus objetivos. Há coberturas para gestantes, planos especiais para viajantes de até 80 anos e cobertura adicional para a prática de esportes.

Dependendo do país que você for viajar, será necessário escolher um pacote específico de seguro. Na Europa por exemplo, desde 1985 para fazer qualquer viagem por lá você precisa de uma assistência viagem, com cobertura mínima de 30 mil euros.  Isso foi colocado como regra graças ao acordo de Shengen, assinado por países como: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Noruega, Holanda, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça. Esse é o mesmo tratado que faz com que a apresentação do passaporte nas fronteiras desses países não seja obrigatória.

Já nos Estados Unidos o indicado é viajar com uma assistência viagem com cobertura mínima de 50 mil dólares, isso porque o sistema de saúde por lá é beeem caro e qualquer procedimento costuma custar uma fortuna. Eu mesma já morei por lá e por conta de uma dorzinha de garganta a conta do hospital deu super alta.

Então se você tem uma viagem marcada, o mais legal vem agora: Você pode contar com o melhor seguro de viagem do Brasil com uma condição especial de 15% de desconto.

Para ativar seu desconto é muito fácil: é só entrar no EASYSEGUROVIAGEM.COM.BR, e incluir o meu código: CABIDE15OFF. Aí é só escolher o plano ideal para você e pronto: partiu viajar com toda a segurança que você merece.

Essa foi a dica de hoje. Na hora de viajar, faça como eu: vá tranquilo. Vá com EASY.

Febre amarela: Vacina e Seguro Viagem

A gente sabe sobre o surto de febre amarela que aos poucos está se espalhando pela região Sudeste e outros cinco estados do país. Não é apenas para quem está em áreas de risco o dever de ser vacinado contra a doença, mas também quem viajará para fora do Brasil nos próximos meses, dependendo do país a ser visitado. A apresentação do certificado que comprova a prevenção já é obrigatória em mais de 100 destinos ao redor do mundo e, com o alerta, a lista não para de crescer, como o Paraguai, que aderiu à regra em fevereiro. Eu fui pro Peru em 2017 e tive que tomar a dose completa, retirar o certificado e apresentar ao entrar no país.

É essencial se informar sobre as exigências dos países com relação à saúde, ok? Nesse momento de cuidados em relação à febre amarela, o CIVP (Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia) merece ainda mais atenção. Não ter o documento, que confirma a vacinação contra esta e outras doenças, pode impedir que brasileiros pisem em território estrangeiro. Cada país tem suas restrições específicas e o ideal é que o viajante consulte o site da Anvisa, onde elas estão listadas. É bom ficar atento, pois, com o recente surto, países que antes não exigiam o documento passaram a pedir, como Paraguai, Panamá, Nicarágua, Venezuela, Costa Rica, Equador e Cuba. Para emitir o certificado, é necessário agendar um horário no órgão e levar carteira de vacinação e um documento de identificação. Ainda, é bom lembrar que a OMS (Organização Mundial de Saúde) obriga que se tome a dose única integral da vacina, não a fracionada, e que o efeito passa a valer depois de 10 dias. Para solicitar a dose única, caso o posto de saúde esteja dando apenas a fracionada, é só levar sua passagem comprada, e informar que é por conta da viagem.

Falando em viagem, acidentes e outras coisas ruins podem acontecer em qualquer lugar, mas quando se está fora do país é mais complicado lidar com as dificuldades burocráticas e financeiras. Uma boa saída é fazer um seguro viagem, que pode cobrir desde assistência médica hospitalar até indenização em caso de bagagem extraviada. O preço do serviço – que engloba também seguro de vida, repatriação, assistência odontológica e farmácia – varia conforme os limites de coberturas.

Eu sempre recomendo o mesmo Seguro de Viagem: EASY SEGURO DE VIAGEM, e você ainda ganha desconto de 15% no SEGURO VIAGEM com o código CABIDE15OFF no site www.easyseguroviagem.com.br

Espero que você tenha gostado das dicas de hoje!

Um beijo.

Viagem incrível para a Amazônia – Santarém do Pará

Imagine um lugar onde a natureza te cerca de forma única, te faz sentir parte do todo através de sensações que eu particularmente, considero mágicas. 

É o cheiro do ar, que carrega um misto de frescor do mato e a umidade da floresta. É a textura da água do rio, que quando toca sua pele, assim quentinha, inunda o corpo todo numa sensação de bem estar. É a brisa leve da praia e as ondas fracas do rio, que por sinal também tem um som que só ele sabe fazer (assim como o mar). As vezes esverdeado, às vezes azulado, em outras um pouco marrom. E quando cai uma tempestade – coisa típica da região – ele ganha uma cor negra. Sólida. Imponente!

As cores mudam o tempo todo e a qualquer momento pode estar vindo uma surpresa.

Estou em Alter do Chão, vila de pescadores que se desenvolveu ao longos dos anos na cidade de Santarém, no Pará – lugar onde eu nasci e me criei. Aqui, não muito distante, você vai encontrar alguns dos melhores lugares do mundo!

Outro dia, tomei banho de Igarapé nua. (Igarapés são pequenos riachos dentro da floresta, eles não são como açudes ou lagos parados. Têm correnteza, se originam de uma fonte e as águas são quase sempre cristalinas). A trilha pra chegada ao riacho é a coisa mais incrível, com suas árvores de raízes protuberantes, cipós e o som das diversas aves que habitam a região. Tem arara, tucano, pica-pau, bicho preguiça e macaquinhos. A água geladinha me fez arrepiar assim que entrei, mas minutos depois aquela mesma água estava uma delícia e eu desfrutava de uma das minhas melhores experiências de liberdade! Respirava fundo fechando e abrindo os olhos para aquele teto de folhas, tantas variações delas… Não há como não se enfeitiçar sentindo toda essa energia.

Também preciso mencionar sobre os espetáculos do amanhecer e do pôr do sol, diariamente aqui exibidos! As casinhas rústicas ao longo da vila… O carimbó (dança típica da região, oriunda dos indígenas) que eu duvido você não querer se mexer ao som daqueles tambores. As comidas típicas elaboradas especialmente com frutos da floresta: Buriti, cupuaçu, cacau, macaxeira, tucupi, jambú!

Aqui a natureza é a atração turística.  E pra mim, não poderia haver melhor tipo de viagem!

Estranho dizer que voltando aqui depois de alguns anos eu me deparo com uma cidade diferente, enquanto que nada mudou. Na verdade eu mudei, e voltar aqui em outra perspectiva me faz enxergar tudo diferente!

Sempre fui aquela garota que sonhava desbravar o mundo e não podia perder um segundo sequer da vida que não fosse explorando as coisas do mundo a fora. Depois de uma breve experiência nos Estados Unidos, posso dizer que a nossa casa, cultura, costumes carregam o mesmo teor de importância no repertório que preenche a nossa vida. A gente tá sempre aprendendo.

Então caro leitor, se você também é viciada(o) em viajar, anota aí na lista de destinos: Santarém do Pará. Uma experiência incrível, com o ecossistema mais rico do mundo em diversidade na fauna e na flora. Amazônia, sim. Brasil é um paraíso em lugares lindos!


Esse post faz parte do projeto “leitores no blog” onde cada um pode enviar sua história de viagem e aparecer por aqui. O post de hoje foi escrito pela Fabiana Maia, você pode acompanhar ela no instagram @fabianamaiah