3 coisas que você precisa saber sobre Higher Education!

Muitos de vocês me perguntam sobre Higher Education, então separei algumas dicas!

Higher Education, ensino superior em inglês, é a escolha perfeita para quem procura alavancar sua carreira profissional e potencializar seu currículo. Países como EUA, Canadá, Portugal, Alemanha, Irlanda, Inglaterra, Australia e Nova Zelândia oferecem cursos e programas para graduação, pós-graduação (como mestrado e doutorado), cursos profissionalizantes e extensões.

Além disso, é uma ótima oportunidade para quem sonha em morar no exterior, pois o processo de visto para estudante é mais simples e assertivo. Outra possibilidade é que alguns países oferecem visto de permanência com direito a trabalhar após o período dos estudos.

1- Pré Requisitos

Os pré-requisitos podem variar de acordo com cada curso e país, mas separei alguns documentos que podem ser solicitados:

 Histórico Escolar (Ensino médio e/ou Ensino Superior)
 Exame de admissão (ENEM/SAT/GRE/GMAT)
 Exame de Proficiência (TOEFL/IELTS/DELE)
 Carta de recomendação
 Redação
 Extracurricular
 Curriculum Vitae atualizado
 Portfólio

O que são SAT e GPA?

  • SAT: exame nacional do ensino médio nos Estados Unidos. Assemelha-se ao ENEM e é utilizado pelas universidades americanas no processo seletivo da graduação e também em processos seletivos de bolsas de estudo.
  • GPA: cálculo matemático que gera uma nota a partir das suas médias do ensino médio ou graduação. Esta nota é essencial para a análise do histórico escolar dos alunos.

Eu preciso de proficiência para fazer um curso de Higher Education?

Sim! Porém, há várias formas de atestar a sua proficiência. Atualmente, por exemplo, no Canadá, nos Estados Unidos e no Reino Unido, é possível realizar um curso preparatório que irá atestar o seu nível de inglês, e, neste processo, você não precisará apresentar um exame de proficiência tradicional (TOEFL ou IELTS). Da mesma forma, existem instituições cujo nível de inglês exigido é mais brando do que outras.

O que são TOELF e IELTS?

São os testes de proficiência em inglês mais conhecidos no mundo. Muitas universidades e instituições aderem o resultado desses testes como pré-requisito para ingresso do aluno.

TOEFL: É administrado pelo ETS e avalia habilidades de língua inglesa em estudantes que desejam estudar em universidades do exterior.
Nota : de 0 a 120 (mínimo exigido : 6 pontos).
Cada seção equivale a 30 pontos na nota final: Reading, Writing, Speaking e Lintening.

IELTS: É reconhecido por mais de 11.000 organizações, em mais de 140 países. O teste de inglês pode ser realizado no Brasil por meio do British Council, em várias capitais e cidades do país.
Nota: de 0 a 9 pontos
*A pontuação mínima exigida para esses testes pode variar de acordo com a instituição de ensino escolhida pelo aluno.

As Agências Selo Belta estão preparadas para te ajudar e orientar durante TODO o processo, por isso procure um agente e confirme as informações para o seu destino/programa escolhido.

2- Duração

Como existem tipos de programas diferentes, desde cursos profissionalizantes até doutorado, a duração varia de acordo com a grade do curso escolhido. Para cursos técnicos a média é de 1 a 3 anos, bacharelado de 3 a 5 anos, pós-
graduação e mestrado de 1 a 2 anos e meio e por fim, doutorado de 2 a 4 anos. Com certeza, as Agências Selo Belta te ajudarão a encontrar o programa que mais se adequa as suas necessidades e desejos.

3- É possível trabalhar durante o programa de Higher Education?

Na maioria dos casos, SIM! Países como Canadá, Alemaha, Irlanda, Austrália, EUA e Inglaterra disponibilizam a permissão de trabalho para os estudantes.

O Co-op é uma opção muito buscada no Canadá!

Co-op é um método que combina educação em sala de aula com experiência prática de trabalho. Para isso é preciso fazer algum curso nas áreas de Customer Service, Business, Marketing, Hotelaria ou Engenharia, em escolas que ofereçam a opção de Co-op, que se assemelha ao estágio no Brasil. Este curso pode ser técnico, de graduação ou pós-graduação em um College público ou particular, com duração superior a 6 meses.

Separei esses 3 pontos principais sobre Higher Education, mas como vocês sabem, o mais indicado é procurar uma Agência Selo Belta para que TODAS as suas dúvidas sejam esclarecidas e assim, você poderá escolher qual o melhor programa de intercâmbio para você!

Entrevista para a Revista EI! como Embaixadora BELTA

Tive a oportunidade de falar um pouco sobre minhas experiências com intercâmbio e como criadora de conteúdo.

Desde janeiro eu sou -e com muito orgulho – a Embaixadora Oficial Belta que é a associação referência no quesito intercâmbio, sendo reconhecida no Brasil e no exterior a quase 30 anos!!!

Desde então, desenvolvemos campanhas e projetos incríveis, como o Grupo Montreal 2022 que vocês estão acompanhando em minhas redes sociais (@mialvess). Pra mim, isso tem sido muito especial, sabe?! É tipo o reconhecimento máximo do meu trabalho ser escolhida e convidada da Belta para ser embaixadora. Além de poder contribuir com sua nova fase que esse vídeo apresenta… e aliás! me diz se não é inspirador…

Tenho certeza de que essa relação está apenas começando e em breve lançaremos mais novidades para vocês.

A Belta faz vários trabalhos incríveis para você que já fez ou quer fazer intercâmbio e, entre eles, a Revista EI!, que eu tive a oportunidade de participar numa entrevista onde conto sobre minhas experiências em diferentes tipos de intercâmbio : primeira viagem, maiores dificuldades e principais dicas. Além disso, falei sobre minha carreira como criadora de conteúdo. Se você gosta de intercâmbio assim como eu, não pode deixar de conferir todas as matérias dessa edição da Revista EI! e minha entrevista completa.

Como começou essa paixão por intercâmbio? 

Fiz o meu primeiro intercâmbio quando tinha 20 anos. Morei em Denver, capital do Colorado, nos Estados Unidos, por 18 meses, como Au Pair. Eu sempre via o intercâmbio como algo muito distante da minha realidade, então eu achava que não era pra mim, mas foi dar o primeiro passo e eu vi que há diversas formas de viver essa experiência. No meu caso, com o programa Au Pair eu tive a oportunidade para passar um tempo no exterior e realmente ver como era. Quando eu fui e vi que o mundo é muito maior do que a gente pensa, do que a nossa bolha, a nossa família, nossa cidade… foi muito transformador.

E de lá para cá, o que mais aconteceu? 

Depois do primeiro intercâmbio, estudei Business English em Nova York, estudei também em Toronto, no Canadá, em Oxford e Liverpool, na Inglaterra. E na Escócia estudei em Edimburgo. Já fiz uma viagem cultural bem legal pra Itália e  estudei um mês em Dublin. 

Quais deles foi o favorito? 

Olha, é difícil escolher a que eu mais gosto. Todos foram muito especiais!!! Eu sempre falo que o intercâmbio é uma experiência muito única. Mesmo que eu volte para o mesmo lugar, para a mesma cidade, mesma época do ano… não vai ser uma experiência igual àquela que eu já vivi.  Então, eu acho que todos são bem memoráveis, carrego todos com muito carinho. 

Qual sua dica de ouro para quem está pensando em fazer o primeiro intercâmbio? 

A base do intercâmbio é o planejamento

  • Pesquisar quais são os tipos de intercâmbio disponíveis.
  • Definir o destino.
  • Entender o quanto esse sonho de estudar no exterior custa
  • Quanto tempo você vai demorar pra levantar esse dinheiro?

Sem planejamento, a gente não consegue alcançar nossos objetivos. Então é priorizar realmente esse projeto de intercâmbio porque não é algo barato, não é um investimento baixo, então precisa de planejamento para dar tudo certo e você se sentir mais confiante e tranquilo. 

DICAS DE APP PARA INTERCÂMBIO

5 Apps que você deve ter no smartphone durante um intercâmbio

  • Google Maps – Ajuda demais para ver os trajetos que precisa fazer com transporte público quando sai de casa pra escola e também pra conhecer os pontos turísticos.
  • SkyScanner – Para pesquisar as passagens de voo mais baratas, principalmente se você está na Europa. É ótimo para planejar viagens low cost.
  • Flixbus – Para viajar de ônibus pela Europa, o que é muito mais barato do que viajar de trem. Perfeito para quem quer economizar. Nos EUA o Megabus é ótimo também. 
  • Google Translate – Com ele dá pra usar a câmera do celular para traduzir placas e também para se comunicar, ou tirar alguma dúvida que você tenha sobre o idioma.
  • Happy Cow – Serve para encontrar restaurantes veganos pelo mundo!

PERRENGUES CHIQUES

Mesmo planejando tudo, sempre acontece um perrengue ou outro … o que é super normal, e é até bom que essas coisas aconteçam para ter boas histórias para contar!

No começo, principalmente no meu primeiro intercâmbio, quando eu não sabia me comunicar muito bem, usava o tradutor do google e mímica para me fazer entender.  Uma vez, a pessoa me perguntou alguma coisa, eu respondi ‘yes’ e ela ficou com uma cara de ‘hm… sério?’. É uma pergunta que eu não sei qual foi até hoje, mas provavelmente eu deveria ter respondido não ou qualquer outra coisa. 

Quais foram os objetivos com os intercâmbios? Estudar o idioma, outros cursos? 

Tirando a primeira viagem, todos os outros foram um pouco mais curtos, de três a quatro semanas, e com o viés de estudar o inglês, de preparar para um teste de proficiência como o IELTS, ou de fazer business english… 

A gente sabe que o intercâmbio não é só o estudo em si, então eu mostro muito da rotina do intercambista, da minha alimentação vegana em cada lugar que eu vou, da cultura em si, das atrações, tudo que envolve uma experiência como o intercâmbio. Tenho a ideia de nos próximos anos aprender outros idiomas, como francês e espanhol.

Quando você resolveu produzir conteúdo em cima do tema intercâmbio? 

Durante a experiência como Au Pair, comecei a criar conteúdo e a fazer os vídeos pro meu canal de YouTube, que é meu carro-chefe e me traz mais retorno. A ideia foi documentar a experiência que eu estava tendo, mas quando eu comecei a ver que poderia colher os frutos e transformar isso no meu trabalho, tudo só melhorou.  Consegui juntar paixões de viajar, de estudar e de trabalhar com aquilo que gosto. A partir do momento que você começa a viajar, você quer fazer isso o máximo de vezes possível. Desde sempre eu sonhava em conhecer lugares, e quando a gente começa a realizar esses sonhos, a gente percebe, principalmente sendo mulher, que é possível, que a gente consegue.

São sete anos de criação de conteúdo, sempre tentando viajar para trazer uma nova experiência para quem me acompanha, e ajudar a galera a identificar o melhor destino, tipo de intercâmbio e etc. Me diz?! Te ajudei um pouquinho mais para realizar o sonho do seu intercâmbio?

Dê o primeiro passo, isso é muito importante! Não deixa de conferir o meu post  As melhores Agências de Intercâmbio em 2021.

Áustria: Sendo Au Pair no país de Mozart

Se você gosta de viajar e já fez, ou quer fazer um intercâmbio mais acessível, com certeza já ouviu falar no programa de Au Pair, não é?
 
Meu nome é Giovanna, tenho 26 anos e atualmente sou Au pair na Áustria, na cidade de Graz, a segunda maior cidade do país. Eu sei, não se fala muito desse destino quando o assunto é intercâmbio de Au Pair, então por isso quero falar sobre a minha experiência!
 
O visto de Au pair (visto D) se tira no próprio país! Você vem como turista e faz todo o processo burocrático aqui, o que torna mais fácil e barato. Porém, devido à situação do Coronavírus, eu fiz todo processo no Brasil o que tornou mais caro e complicado (pelo menos sinto que me tornei uma expert em visto haha).
 
 

O que me fez escolher a Áustria?

Eu já havia sido Au Pair na Holanda, em 2018, e procurava um país do qual tivesse mais vantagens, e acreditem se quiser, a Áustria parece um sonho de qualquer futura intercambista. Quer saber os benefícios?
 
– Você trabalha 18 horas semanais;
– Um dos maiores pocket money da Europa, com 470,00 Euros por mês;
– A família paga metade do curso de Alemão;
– São 14 salários por ano (férias e décimo terceiro);
 
Quais são os pré-requisitos?
 
– Ter um passaporte brasileiro válido;
– Ter até 27 anos;
– Comprovar alemão (varia muito de cidade, eu apresentei um certificado de um curso online de 100 horas e foi aceito).
 
Tive meu match através do site Au Pair World, um site gratuito onde basta você criar seu perfil e dar match com uma família para entrar com a solicitação do Visto D. Devido ao corona, eu precisei agendar a entrega dos documentos no Consulado de SP, sendo os seguintes documentos:
 
– Formulário preenchido;
– Passaporte válido;
– Certidão de nascimento;
– Certidão de antecedentes criminais;
– Foto (2x conforme critérios da ICAO);
– Eventualmente: certidão de casamento, certidão de divórcio;
– Comprovante de moradia na Áustria;
– Seguro saúde que cobre todos os riscos;
– Certificado AMS (Arbeitsmarktservice – Agência de Trabalho da Áustria);
– Contrato Au-Pair;
– Comprovante de conhecimento da língua alemã(comprovantes de cursos, certificados, etc.);
– Taxa consular de 120,00€ (pagamento em BRL pelo câmbio do mês);
 
Todos os documentos pessoais (como certidão de nascimento, casamento, divórcio,certidão de antecedentes criminais) devem ser apresentados com a Apostila de Haiae, a tradução juramentada para alemão. A Apostila de Haia é emitida pelos cartórios das capitais brasileiras.
 
Após a entrega dos documentos, cerca de 1 mês depois, recebi a notícia que estava tudo certo, e eu deveria agendar para ir na Embaixada de Brasília pegar meu visto. O lado negativo é esse: é preciso ir até Brasília. O gasto de passagem foi cerca de R$450,00 saindo de SP capital. Foi preciso entregar esses documentos para Embaixada de Brasília:
 
– Formulário devidamente preenchido;
– 1 foto (3,5 x 4,5) de acordo com os critérios ICAO;
–  Passaporte (deverá possuir ainda duas páginas vazias e não poderá ser mais antigo que 10 anos; sua validade deverá ainda ser de 3 meses após o término da validade do visto);
– Cópia do passaporte (a página com a foto);
– As impressões digitais serão tomadas eletronicamente na Embaixada da Áustria emBrasília ou no VFS Visa Application Center (VAC) in São Paulo;
– Seguro saúde/viagem que cubra emergências de no mínimo 30.000 € para a áreaSchengen;
– Comprovante de moradia na Áustria (reserva de hotel, contrato de aluguel, cartaconvite, etc);
– Comprovar meios de sustento (contracheques, extratos bancários, declaração de impostos de renda, etc) = o meio de sustento foi o contrato de au pair, informando que receberia um pocket money. Caso o solicitante não possua meios financeiros próprios suficientes, é necessário mostrar uma carta de responsabilidade (EVE) feita pela pessoa que convida (no caso a host family)
– Passagem aérea (ida e volta);
– Taxa consular: adultos e menores a partir de 6 anos: 150€; Crianças com menos de 6anos de idade: 75€ (Os valores deverão ser pagos em reais e sempre em espécie ao câmbio do mês da solicitação).
 
Entreguei os documentos no Consulado de SP em Outubro de 2020 e em Dezembro de 2020 já estava com o visto em mãos, porém o consulado informa que o processo pode durar entre 3 e 6 meses. Para viajar foi preciso realizar um teste de COVID em inglês, portugues e alemão (fiz o teste no Aeroporto de Guarulhos, paguei R$350,00 reais e ficou pronto em 4 horas), além de preencher um formulário online de embarque.
 
E você, já pensou em ser Au Pair na Áustria?
 
Quem quiser me acompanhar no Instagram, lá eu posto um pouco sobre arte, viagens e minha vida @giovannapassarini

Ano Voluntário Social na Alemanha FSJ

Nos últimos anos a Alemanha tem se tornado um destino muito buscado por intercambistas. Paisagens de tirar o fôlego, história pra todo lado, qualidade de vida, custo de vida justo, localização geográfica central na Europa para viajar…Esses são só alguns pontos que me chamaram atenção na maior economia da Europa. 

Se você sonha em fazer intercâmbio na Europa e não tem rios de dinheiro pra investir, fica aqui que eu vou te contar tudo sobre meu intercâmbio de baixo custo na Alemanha e como você pode participar desse tipo de intercâmbio também.  Meu nome é Anália Mendonça, sou uma poliglota apaixonada por conhecer novas culturas e idiomas. Sou teacher de inglês, e produzo conteúdo no Instagram sobre aprendizado de idiomas. 

A Mi Alves me convidou pra te apresentar aqui o FSJ  – Freiwilliges Soziales Jahr (Ano Voluntário Social Remunerado na Alemanha), projeto que fiz parte durante 1 ano e 7 meses em terras germânicas, me proporcionou uma vivência de vida incrível e de quebra, ainda a oportunidade de conhecer 10 países. 

No dia 2 de agosto de 2017 eu embarquei na aventura mais incrível da minha vida! Fui fazer um intercâmbio na Alemanha. Até chegar lá eu ainda tinha muitas incertezas sobre como o programa funcionava, mas depois que cheguei vi que tinha feito a melhor escolha possível.

FSJ sigla para Freiwilliges Soziales Jahr (Ano Voluntário Social) é um programa mantido pelo Governo Alemão e foi isso que me deu segurança para embarcar nesta aventura.  Mais abaixo vou detalhar todos os custos e o investimento que eu fiz, que já adianto foi muito baixo comparado a outras opções. É importante frisar que eu recebia remuneração pelo trabalho que realizava lá e que este valor é pouco, porém foi suficiente para eu me manter com uma vida simples e ainda viajar muito.

Durante meu intercâmbio eu morei em Schwäbisch Hall, uma cidade pequena do distrito de Baden Wurttemberg, próxima a Estugarda (Stuttgart em alemão). Lá eu trabalhei em uma instituição especializada para crianças e jovens com deficiência. Minha jornada de trabalho era de oito horas diárias, trabalhava de segunda à sexta e sempre tinha fins de semana e feriados livres, além de ter direito à 28 dias úteis de férias a cada 12 meses. 

O FSJ 

O FSJ Freiwilliges Soziales Jahr (Ano Voluntário Social) é um ano para jovens de 17 à 27 anos de idade, que já tenham concluído a escola. Se você tem mais de 27 anos, existe um outro programa no estilo do FSJ e com regras parecidas, chamado BFD (Bundesfreiwilligendienst). Estes são programas para pessoas do mundo todo, inclusive para os alemães. 

O FSJ possui uma carga de trabalho de até 40 horas semanais. Você pode atuar em diversas áreas, como cuidador de crianças com deficiência, cuidador de idosos com deficiência, ajudante em salas de aula para pessoas com necessidades especiais, ajudante em oficinas de trabalho para pessoas com necessidades especias, etc. 

O intercâmbio é regulamentado pelo Governo Alemão e também é possível realizá-lo na Áustria.
Como aplicar e como funciona o processo seletivo?

Quando você quer fazer um FSJ você pode procurar diretamente uma das instituições que recebem voluntários, como o Sonnenhof e.V, onde eu trabalhei, ou procurar uma das instituições “meio” que viabilizam a chegada de estrangeiros à Alemanha (o que é mais indicado), como o Diakonie, a Fundação Caritas ou o ICE (Initiative Christen für Europa e.V.). Este último foi o que eu apliquei e acredito que seja a melhor opção.

O ICE, instituição que fez meu processo seletivo e me acompanhou com seminários de capacitação durante todo o meu intercâmbio, é uma instituição sem fins lucrativos que viabiliza o acontecimento do FSJ. É com eles que você vai precisar falar.

Não é necessário pagar nada ao ICE. Eles abrem o processo seletivo, você aplica, se você se encaixar no perfil eles te orientam a como chegar até a Alemanha e te direcionam para um local de trabalho que pode ser em qualquer região da Alemanha.

Meu processo seletivo durou mais de um mês. Primeiro eu apliquei para o ICE, peguei todas as informações no site deles. Na aplicação precisei enviar:
– Meu currículo;
– Uma carta de motivação explicando porque eu queria participar do FSJ;
– Uma carta de recomendação, que poderia ser de um chefe, um líder religioso, de um professor;
– Cópia do Passaporte;

Meu currículo e a minha carta de motivação enviei em alemão. Já a carta de recomendação enviei não só uma, mas duas, e em inglês. O ideal é enviar tudo em alemão, mas eu não falava alemão tão bem e tanto no currículo, quando na carta de motivação deixei claro, que estava traduzindo para alemão com a ajuda de uma tradutora.

O ICE prioriza pessoas que falem alemão para realizar o intercâmbio, mas eu não falava quando fui, e nem meu namorado que foi 6 meses depois de mim, nem muitas outras pessoas que me contactaram através do meu instagram e que aplicaram depois, e conseguiram!

O perfil que o ICE busca é de jovens engajados, que já tenham trabalhado em diversas áreas sociais e que queiram fazer o bem! Se você fizer o processo seletivo direitinho e souber se vender, você consegue. Mas o segredo é: quanto mais alemão você souber, mais chances, e quanto mais trabalho voluntátio prévio você tiver, também!

Além disso, o ICE busca pessoas tolerantes que saibam conviver bem com gente de outras culturas, com opiniões e perfis diferentes, pois junto de você será aprovado um grupo de até 50 pessoas, que são dos mais diversos países do mundo e você precisa estar aberto para as diferenças culturais que irão surgir na convivência com estas pessoas.

Em resumo, eu diria que se você tem o desejo de aplicar para o FSJ, o ideal é começar a estudar alemão, para ter pelo menos uma comunicação básica, além de ter pelo menos 2 meses de experiência com trabalhos sociais e se mostrar uma pessoa aberta. Inglês é um diferencial e obrigatório se seu nível de alemão foi baixo.

Depois que você aplica para o ICE, se eles acharem que você pode ter perfil para o FSJ, eles realizam uma entrevista por Skype e te dão uma resposta um tempo depois. Com essa resposta eles geralmente enviam duas ou três opções de locais de trabalho para você.

No meu caso recebi duas e escolhi o Sonnenhof e.V em Schwäbisch Hall. Uma escola para pessoas com deficiência. Trabalhava de segunda feira, no horário da aula, que normalmente ia de 8h45 às 15h45.

Quando você seleciona o lugar de trabalho, eles te enviam o contrato e aí você precisa ir para um consulado alemão para aplicar para o visto. Sobre isso você pode ver mais no site do consulado da Alemanha no Brasil e o ICE, fornece todas as informações também quando você é aprovado.

Quanto paguei pra fazer o intercâmbio?

Bom, como disse meu investimento foi muito baixo se comparado a outros tipos de intercâmbio. Já tinha feito outro intercâmbio em 2013 na Inglaterra e o investimento neste da Alemanha foi infinitamente menor.

Quando eu apliquei não precisei pagar nada para o ICE. Quando o ICE me aprovou eu fui direcionada e orientada a tirar meu visto de FSJ, aí foi meu primeiro investimento financeiro. Lá no consulado eu tive que pagar por conta própria meu visto, que custa 75 euros, aproximadamente 300 reais (cotação da época que paguei).

Para aplicar para o visto você precisa ter um seguro saúde, mas isso o próprio ICE organiza para você junto do seu local de trabalho. Ou seja, não precisei pagar nada pelo seguro saúde, nem quando fui, nem no 1 ano e sete meses que estive lá, sempre foi pago pelo meu local de trabalho. Antes de você ir para o consulado o ICE já envia o documento do seguro pago para você.

Na minha cidade não tinha consulado, eu tive que pagar minha passagem de ida e volta para Recife, mas isso vai depender se na sua cidade tem consulado ou não. Minha passagem custou 350 reais ida e volta. Tudo no consulado relacionado ao visto foi resolvido em um dia.

Com visto aprovado, eu tive a resposta final de que iria para a Alemanha, pense em uma alegria! Pois bem, a passagem de ida para a Alemanha é paga pelo intercâmbista e a de volta pelo próprio ICE. O valor da passagem de ida varia muito, como eu me inscrevi já tarde e eu não tinha muito tempo até a data de inicio do projeto, minha passagem foi um pouco cara, por volta de R$2.200,00 reais a ida, mas como disse é possível encontrar preços bem mais em conta, quando meu namorado foi, por exemplo, pagou cerca de R$1.300 reais pela ida.

Além disso, levei 500 euros comigo, como uma reserva financeira para comprar roupa de frio e para emergências.

Pronto. Isso foi tudo que tive que pagar! Meu visto, minha passagem para tirar o visto (só porque na minha cidade não tinha consulado), minha passagem de ida pra Alemanha e um dinheiro que eu quis levar por segurança. 

Tá, e quanto era meu “salário”?

Importante frisar que se trata de um trabalho voluntário, então o que você recebe na verdade é uma ajuda de custo, mas eu vivia e viajava somente com esse valor. Além disso você recebe benfícios, como moradia, o que diminui muito os seus custos.

No Sonnenhof eu recebi um apartamento para morar, mobiliado, não precisava pagar água, luz, Internet, nem nenhum eletrodoméstico ou móvel da casa. Eles também me davam todos os materiais de limpeza que precisava durante o mês. Além disso, se desse algum problema no apartamento, o conserto técnico era por conta deles.

Eu recebia também uma ajuda de custo financeira de 400 euros por mês. Esse dinheiro era para eu me manter, me alimentar, comprar roupa e medicamentos. Mas com muito planejamento e uma vida simples, foi também suficiente para eu conhecer incontáveis cidades em um ano e meio.

Durante meu horário de trabalho fazia muitas refeições no próprio local de trabalho. Sempre tinha almoço. Isso me poupava bastante dinheiro também.

Tem muito mais!

Esse é um intercâmbio ainda pouco conhecido pelos brasileiros e com muitas oportunidades e pontos importantes. Acho que não mencionei que eles me pagaram dois cursos pra estudar alemão, né? Teve isso também, além de treinamentos prévios pra aprender a trabalhar com pessoas com deficiência, algumas viagens bate-volta de 1 dia pra conhecer cidades da Alemanha e a cultura do país, e um fim de semana em Berlim.

Se tiver qualquer dúvida sobre o FSJ, você pode falar comigo no meu Instagram, sempre tenho o maior prazer do mundo em ajudar outras pessoas a viverem essa experiência, que marcou tanto a minha vida e me trouxe tantos aprendizados. Vai ser um prazer falar com você por lá! 

Só digo uma coisa: SE JOGA! 

Melhores e mais confiáveis Agências de Intercâmbio em 2021

Hoje eu vou te ajudar na hora de decidir  entre as melhores e confiáveis agências de intercâmbio em 2021.

Certamente, 99% das pessoas quando começam suas pesquisas para realizar o sonho de estudar fora, se perguntam: Quais as melhores e confiáveis agências de intercâmbio?

Neste texto, você poderá entender como avaliar os resultados e informações que o Google te apresenta, escolher uma agência idônea e não cair em ciladas.

Mas antes, por que ter uma agência de intercâmbio? 

Pode parecer simples, mas a programação para um intercâmbio é complexa e uma consultoria profissional é essencial, pois a agência de intercâmbio (como o próprio nome diz) vai agenciar sua viagem te poupando trabalho e, principalmente, orientando passo a passo sobre melhores opções de países, cursos e escolas ou universidades, afinal o sonho não pode se transformar em um pesadelo, inclusive a Belta fala sobre fazer intercâmbio seguro aqui. 

O que e como avaliar na hora de escolher as melhores e confiáveis agências de intercâmbio?

Escolhendo a agência para conversar, avalie:

  • Reputação da agência
  • Certificações e Selo Belta
  • Tipo de Consultoria
  • Preço 

Reputação da Agência

Reclamações toda empresa pode ter, mas ao avaliar canais como o Reclame Aqui, considere os tipos de ocorrências e se são recorrentes. Algumas reclamações são aceitáveis, mas se você encontrar uma reclamação séria, fique atento.

O Google Review também é excelente para ver o que os clientes falam da empresa. Ao buscar pelo nome da empresa, entre na opção do mapa e clique sobre as “estrelinhas”, lá você vai ver o ranking da agência e conhecer o que os clientes falam sobre ela. Outras ferramentas também ajudam como, por exemplo, as recomendações que a agência tem em seu perfil no Facebook.

O que EU não consideraria se fosse você? Pedir recomendação em grupos de Facebook é super comum, mas cuidado, afinal muitas das indicações feitas por lá são de perfis falsos ou os próprios funcionários das agências…e aí não vale, né?!

Certificação e Selo Belta para agência de Intercâmbio

Há algumas certificações bacanas para agências como Icef recognized, Quality English entre outros. No Brasil, a associação mais importante e também mais antiga é a Associação Belta que, inclusive, é reconhecida mundialmente.
A Belta não tem fins lucrativos e há 30 anos trabalha em prol da internacionalização dos brasileiros e faz uma rigorosa avaliação para conceder o Selo às agências.

Tipo de consultoria da Agência de Intercâmbio

Você se identifica com a forma de atendimento da empresa? Há muitas empresas boas e sérias, mas com perfis de atendimentos diferentes, qual você gosta mais? Considere isso, pois será relevante no seu atendimento pós-venda, por exemplo.

Preço

Um segredinho pra você… Quem determina o preço do curso é a escola que oferece condições especiais para Brasileiros através das agências Selo Belta e isso significa que Europeus pagam mais do que a gente, porém os preços no Brasil devem ser o mesmo em todas agências, mas claro você deve considerar programas e itens iguais na moeda estrangeira porque a conversão em Real sofre alteração todos os dias com a variação cambial.

Na hora de fechar o contrato, certifique se é uma empresa devidamente estabelecida!

Há muitos negócios online para mercadorias como roupas e eletrodomésticos, mas para serviços, especialmente intercâmbio, é importante considerar que se a agência não for devidamente estabelecida pode ser um risco, pois quando precisar de suporte e apoio, a empresa pode não estar mais disponível.

Se você escolheu uma das agências Selo Belta, a associação já fez isso por você, pois além do CNPJ, muitos outros documentos são avaliados para se conseguir o Selo, inclusive, a saúde financeira das agências são checadas todos os meses. Consulte as agências Selo Belta aqui. 

Ser uma empresa estabelecida de intercâmbio significa ter:

  • Escritório e endereço físico
  • CNPJ que é o documento essencial para ser empresa. Consulte CNPJ
  • Registro Cadastur que é a autorização para operar no Brasil. Você pode consultar sobre a empresa no site do Ministério do Turismo
Conheça mais sobre a Belta e porque escolher uma Selo Belta

Quando falamos da Belta, falamos em agências idôneas.. as Agências Belta passam por um processo de filiação extenso que requer muitos documentos para comprovar que é uma agência segura e de qualidade.

Quais são os principais requisitos para uma agência ser Selo Belta?

Um dos principais requisitos para se tornar membro da Belta é ter no mínimo 3 anos de atuação no mercado comprovados por CNPJ, apresentar certidões negativas da empresa, além de muitos outros. Todos os requisitos podem ser consultados no Estatuto Social da Belta, que é o documento que pode ser consultado por todos com o conjunto dos direitos e deveres que as agências de intercâmbio filiadas a Belta devem cumprir. Além do Estatuto Social, a associação é regida por outro importante documento, o Código de Ética, nele consta as boas práticas que todas as Agências Selo Belta devem seguir.

Mi, isso significa que as Agências que não possuem Selo Belta são ruins?

Nãoooo! A Belta é a Associação de Agências de Intercâmbio, mas as agências em si não possuem uma obrigação de fazer parte da entidade. Entretanto, as agências que buscam uma credencial que faça a diferença, sabem que podem contar com a Belta, já que a associação oferece diversos treinamentos, fornece informações oficiais das embaixadas e governos dos principais destinos de intercâmbio e está sempre buscando melhorar seus serviços a fim de atender as necessidades de suas associadas.

E quem são as Agências Belta?

Eu vou colocar informações de todas as agências que passaram pela análise e possuem Selo Belta, mas não é um ranking, e sim uma relação em ordem alfabética =)

AFS Intercultura Brasil: Organização comprometida em oferecer oportunidades de aprendizagem intercultural por meio de programas de intercâmbio.
Saiba Mais: https://www.belta.org.br/agencias-de-cursos-no-exterior/afs-intercultura-brasil/

Beeducation: Mulheres que promovem diferentes culturas através do intercâmbio por um mundo melhor. As fundadoras juntaram experiências para criar uma metodologia de atendimento diferenciada.
Saiba Mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/beeducation-intercambio/

Best Viagens e Intercâmbios: A missão da agência é fazer com que o sonho de estudar no exterior se torne realidade e que resulte na melhor experiência da vida de quem ingressar.
Saiba Mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/best-viagens-e-intercambios/

Beth Coutinho: Oferece consultoria e atendimento na área de viagens e intercâmbio, oferecendo ao cliente de qualquer idade a mais diversa gama de produtos.
Saiba Mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/beth-coutinho/  

Bex Brazilian Exchange: Atendimento personalizado é a preocupação número um da BEX. Com 29 anos de experiência no mercado, a BEX já enviou milhares de estudantes e profissionais ao exterior.
Saiba mais:  https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/bex/

Bil Intercâmbios e Turismo: Oferece serviços de consultoria e excelente atendimento no pós-venda desde 1985, o cliente receberá atendimento pró ativo e especializado de acordo com suas necessidades.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agencias-de-cursos-no-exterior/bil-intercambios-e-turismo/ 

Canadá Intercâmbio: Agência canadense fundada por brasileiros e para brasileiros, com o objetivo de orientá-los, acompanhá-los e fazer da sua experiência no país um momento incrível.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/canada-intercambio/ 

CCI Brasil: Oferece serviços personalizados adequando os programas às necessidades de cada cliente. 
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/ccibrasil/

Central do Estudante: Referência em programas de educação internacional para todas as idades e interesses, aliando profissionalismo e atenção personalizada.
S
aiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/central-do-estudante/ 

CI Intercâmbio e Viagem: Em seus mais de 32 anos de atividade, já embarcou mais de meio milhão de pessoas para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/ci-intercambio-e-viagem/ 

CIAE Intercâmbio: Oferece suporte ao intercambista desde a escolha da escola até o momento do desembarque.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/ciae-intercambios/ 

CP4 Cursos no Exterior: Oferece consultoria em educação internacional, representando mais de 200 instituições de 30 países, com cursos para adolescentes, universitários,  corporativos e seniores. 
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/cp4-cursos-no-exteriortraveller/ 

Cultura Global: Possui atendimento personalizado, sempre levando em conta as necessidades e expectativas do estudante, sendo esse o nosso maior diferencial.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/cultura-global/ 

Dri Viagens: Oferece aos clientes uma vasta gama de cursos de excelente qualidade em diversos países.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/dri-viagens/ 

EF Education First: Possui escolas próprias em mais de 52 destinos, combinando o aprendizado de um novo idioma com intercâmbio cultural para abrir o mundo através da educação.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/ef-education-first/ 

Embarque Educacional: Oferece desde high school à graduação, passando por cursos profissionalizantes, de esportes, para casais e idosos.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/embarque-educacional/ 

English Experience Intercâmbios: A agência trabalha para ser referência em intercâmbio seguro, confiável e de alta qualidade. Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/english-experience-intercambios/ 

ETC Exchange Travel Company: Agência de intercâmbio que busca ser a ponte entre o sonho e a realidade. Como missão primordial, buscam promover com eficiência a educação intercultural.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/etc-exchange-travel-company/ 

Experimento Intercâmbio Cultural: Especializada em intercâmbio cultural, possui mais de 54 anos de mercado e é honrada perpetuamente com o título STM Super Star Latin America.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/experimento-intercambio-cultural/ 

FYI Intercâmbios: Oferece uma linha completa de produtos e serviços para que a experiência de viagem seja completa e inesquecível. Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/fyi-intercambios/ 

Green System Intercâmbio: Oferece cursos de idiomas em geral, de ensino médio, preparatórios para exames, trabalhos e estágio remunerados, programas de férias, cursos de culinária e hotelaria, entre outros.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/greensystem-intercambio/ 

ICCE: Especializada em programas educacionais no exterior desde 1978, a agência tem como compromisso fazer com que a experiência de estudar em outro país seja um sucesso. 
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/icce/

IE Intercâmbio: Especialista em Educação Internacional e Carreira, com intercâmbios para os principais destinos do mundo. Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/ie-intercambio/ 

Intercultural Cursos no Exterior: Já atendeu mais de 80 mil viajantes, transformando sonhos em realidade, oferecendo os mais variados tipos de programas.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/intercultural-cursos-no-exterior/ 

International Schools: Empresa educacional especializada em cursos no exterior com mais de 30 anos de experiência.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/international-schools/ 

InterVip: Há mais de 21 anos no mercado, a agência proporciona a seus clientes um atendimento experiente e personalizado.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/intervip/ 

Just Intercâmbios: Têm como missão proporcionar aos seus clientes a concretização de seus sonhos através da experiência vivida por seu fundador e por todos os seus colaboradores ao redor do mundo.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/just-intercambios/ 

Lions Intercâmbio: Traz ao mercado um novo conceito que propõe ao estudante intercambista uma experiência singular, desenvolvida sob medida para garantir a melhor vivência durante todo o processo.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/lions-intercambio/ 

Optima Intercâmbio: Com mais de 10 anos no mercado, a agência tem uma proposta singular de transformar vidas por meio de um intercâmbio.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/optima-intercambio/ 

Roda Mundo: Especializada em Programas de Intercâmbio Cultural e Turismo, foi fundada em 2007 tendo como objetivo a comunicação com o interesse que o investimento do intercâmbio seja válido.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/roda-mundo/ 

S7 Intercâmbio: Trabalha por meio de oito canais, um para cada destino atendido contando com profissionais especializados e que já tiveram a experiência de morar ou estudar no exterior.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/s7-intercambio/ 

SIS Intercâmbio Cultural: Oferece atendimento personalizado, com hora marcada, disponibilizando programas de qualidade e serviços de primeira linha, em vários países e no Brasil.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/sis-intercambio-cultural/ 

STB Student Travel Bureau: Oferece muito mais do que programas de intercâmbio voltados para o ensino de idiomas, pois conta com cursos para todas as idades.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/stb-student-travel-bureau/ 

Travelmate: Possui uma equipe formada por centenas de especialistas em educação internacional, tendo como objetivo proporcionar experiências educacionais que vem transformando vidas.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/travelmate/ 

True Experience: Acredita que a vivência internacional proporcionada pelo intercâmbio é, na sua essência, uma experiência de educação. 
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/true-experience/ 

Trust Intercâmbio Cultural e Turismo: Presta atendimento personalizado e diferenciado, realizado por profissionais qualificados, oferecendo uma linha completa de produtos e serviços para que a viagem seja segura.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/trust-intercambio-cultural-e-turismo/ 

Via Mundo: Iniciou suas atividades oferecendo programas variados no exterior e se destacou pela ampla preparação de seus clientes para suas experiências de intercâmbio. 
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/via-mundo/ 

West 1: Conta com um time especializado para fornecer a você toda orientação na escolha da cidade, escola, curso e a acomodação que mais se adequa ao seu perfil, objetivos e necessidades. 
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/west-1/ 

Wide Intercâmbio: Trabalha com todos os países e as melhores escolas e parceiros internacionais para oferecer cursos e programas de intercâmbio de excelência a seus clientes. Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/wide-intercambio/ 

World Study: Organização de educação intercultural, cuja missão é promover o desenvolvimento do ser humano por meio da experiência intercultural.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/world-study/

Yazigi Travel: Cria cada programa de forma personalizada e especial, com parceiros internacionais que entendam as exigências de qualidade e segurança que queremos para os intercambistas.
Saiba mais: https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/yazigi-travel/ 

Yes Intercâmbio: Tem como propósito maior trazer para os clientes uma experiência de estudo internacional capaz transformar e enriquecer suas vidas. 
Saiba mais:  https://www.belta.org.br/agenciasselobelta/yes-intercambio/ 

CONHEÇA MAIS SOBRE A BELTA E PORQUE ESCOLHER UMA SELO BELTA

Quando falamos da Belta, falamos em agências idôneas.. as Agências Belta passam por um processo de filiação extenso que requer muitos documentos para comprovar que é uma agência segura e de qualidade. 

Agora ficou fácil de encontrar uma agência incrível pro seu intercâmbio, não é?