5 passos para Planejar um Intercâmbio!

Depois do #festivaldointercambio que rolou no meu Instagram (@mialvess) na semana passada, onde eu falei sobre vários destinos e diferentes intercâmbios que você pode fazer, achei que seria legal trazer algumas dicas sobre como começar a planejar essa experiência no exterior, então vamos lá:

1º Passo: Escolher o seu Objetivo
É aprender um novo idioma? É melhorar o idioma que você já vêm aprendendo? Estudar pra algum exame de proficiência? Trabalhar enquanto estuda? Pense sobre isso!

2º Passo: Escolha o seu Destino:
O próximo passo é, levando em consideração o seu objetivo, escolher qual é o melhor destino para você coloca-lo em prática. Por exemplo: Se for estudar e trabalhar, países como Austrália, Nova Zelândia e Irlanda te dão essa opção. Já se for para aprender um idioma por pouco tempo, as opções são muitas e aí você pode levar também em consideração o clima, o seu estilo de vida, e o que quer visitar durante esse período.

3º Passo: Fazer muitos Orçamentos:
Agora que você já sabe o que quer fazer e pra onde quer ir, é hora de começar a fazer vários orçamentos com diferentes agências de intercâmbio. Eu sempre indico pesquisar bastante sobre a agência, ver se ela tem o selo Belta, sua nota no Reclame Aqui, há quanto tempo está no mercado…Reunindo esses orçamentos você terá uma noção de quanto custará o seu intercâmbio, e pode optar pela agência e valor que te agradar mais.

4º Passo: Planejamento Financeiro:
Agora que você já sabe quanto precisará investir, é hora de começar a colocar dentro da sua rotina e planejamento financeiro, a ideia do intercâmbio. Coloca-lo como prioridade vai fazer com que você pense duas vezes antes que gastar dinheiro com alguma outra coisa que te tire do seu foco. Guarde um valor por mês, tente fazer algum freela na sua área, etc. É normal levar um ano, dois, até 3 anos para planejar um intercâmbio, mas o bacana é saber que uma hora ele vai chegar, e vai ser uma das melhores experiências de toda a sua vida! 

5º Passo: Muuita Pesquisa:
Pode levar tempo até você reunir toda a grana do intercâmbio, e tá tudo bem! Enquanto isso, pesquise ao máximo sobre o seu destino, escola que irá estudar, passeios que você poderá fazer…essa é uma das etapas mais gostosas. Assista vídeos no Youtube, siga perfis de intercambistas no Instagram, leia blogs, e vá criando listas e planilhas com todas essas informações!

Falando em planilhas, criei uma PLANILHA DO INTERCÂMBIO para te ajudar a se organizar durante todo o planejamento. É só clicar nesse link aqui e fazer uma cópia da planilha para o seu computador. Espero que te ajude!

Ah, e quer mais? Se você já decidiu que quer fazer o Intercâmbio de nove meses na Irlanda para trabalhar e estudar, minha amiga Manuela (@fernandesmanu) criou essa planilha aqui, específica para os intercambistas que irão pra lá! 

Seguindo esse passo a passo não tem erro! Aproveite esse período para ir pesquisando e fazendo vários orçamentos diferentes. Assim, quando tudo estiver estável, você poderá colocar o seu plano em prática e realizar esse sonho! Estou torcendo por você.

Até mais!

Minhas redações em inglês

Se você me acompanha no Instagram (@mialvess) você provavelmente viu meus relatos sobre querer escrever mais em inglês. Eu aprendi inglês falando, durante o meu primeiro intercâmbio como Au Pair nos EUA. Ok, eu já tinha uma base porque durante toda a minha vida eu tive a oportunidade e privilégio de estudar em escolas particulares que ensinam o inglês desde muito cedo, mas sabe como é… assim como eu não levava muito a sério a Geografia, Biologia e Matemática, eu também não levava o Inglês. Uma pena, ouviu Michelle de 13 anos? 

Depois que a gente cresce, percebemos que: “ok, não uso a fórmula de bhaskara no meu dia a dia, mas bem que eu poderia ter prestado mais atenção no Inglês, hein?” Ou qualquer outra matéria que faça sentido pra você hoje em dia. 

O bom é que, nunca é tarde pra aprender! E eu estou em constante evolução quando diz respeito a aprender inglês. Por mais que meu speaking seja avançado e eu memorize muitas palavras, na hora de escrever e usar todas as regrinhas de gramática, eu travo. E travo mesmo. Ou melhor, travava. 

Nos últimos dois intercâmbios que eu fiz (para o Reino Unido em Outubro de 2019, e para Toronto em Janeiro de 2020), eu me forcei a escrever mais, e cheguei a perguntar aos professores se eles se importariam de eu levar uma redação por semana para eles corrigirem. Notícia boa: eles amaram a ideia!

Eu escrevi bastante, e aqui na minha frente enquanto eu escrevo esse post, têm três folhas com três textos, todos sobre o consumo da carne / veganismo. Bom, eu quero treinar a escrita, mas quero deixar uma marca, né? Quero fazer quem está lendo pensar um pouco, e por ter comentado sobre esses textos no Instagram, que eu vou transcrever um deles aqui e espero que você goste. Se você não souber nadinha de inglês, tá liberado copiar e colar no Google tradutor. Agora, se você estiver aprendendo, faz uma forcinha, procura só as palavras que você não entenda, e ao final da leitura me deixa um comentário falando o que achou. Combinado? 

The Impact that eating meat causes on the environment.

         More than 500 million animals are killed for food around the world every two days. The livestock occupies 75% of world’s arable land, mainly for pasture and feed production. The livestock is also responsible for 15% of greenhouse gas emission. 
         These data were published by EMBRAPA, Brazilian Agricultural Research Corporation, that also published that 80% of deforestation in Brazil is caused by livestock.
         Have you thought about why you eat meat? Is it only because it tastes good? Or maybe because it is cultural and you are so used to eat it everyday that you don’t even think about it? I get your point, but nowadays not eating meat is not just a type of diet, it is a help you give to the environment.
        Besides that, I also have witnessed the effects that stopping eating meat can cause on my own body. When I was 21 I decided to have an alternative diet cutting out the red meat from my plate. Within one week of starting this new habit I noticed how light I was feeling. My stomach no longer needed to struggle dissolving all that heavy beef. 
        After one month I had a “pop” in my mind that made me take out all kinds of meat from my routine and go to a nutritionist to help me with this new lifestyle. 
        Yes, it is a lifestyle, life changing and it can start anytime. What we need is more information about it, more interest in this topic and we need to have willpower. I’m sad to say, but if we continue eating meat at this rate we will damage the environment faster than it can recover. The world is our home. Our body is our home. Take care of both.

That’s all folks.

Concurso : Ganhe duas semanas de curso de Inglês no Reino Unido!

É isso mesmo que você leu no título desse post, eu e a Kaplan Brasil preparamos um concurso cultural incrível lá no meu Instagram @mialvess.

Se você quiser participar, basta ir lá no meu perfil do Instagram, procurar pela foto oficial do concurso, curtir a foto, me seguir, seguir a @kaplanbrasil e comentar na foto o @ de um amigo o convidando a participar também + dizer pra gente por quê você deveria ganhar esse prêmio e qual dos três destinos você escolheria =)

As inscrições para este concurso serão válidas a partir do dia 05 de Outubro de 2019 e devem ser feitas até o dia 18 de Outubro de 2019 às 23:59. O vencedor ou vencedora, será divulgado a partir do dia 22 de Outubro de 2019 no perfil da @mialvess no Instagram, através dos stories. 

Regras
– Seguir a @kaplanbrasil no Instagram
– Seguir a @mialvess no Instagram
– Curtir a foto oficial do sorteio
– Escrever um comentário, na foto oficial, falando por quê você acha que deveria ganhar este prêmio e qual dos três destinos escolheria.

O Prêmio Inclui
– Duas semanas de curso de Inglês Geral, em uma das escolas da Kaplan International em Oxford, Edimburgo ou Liverpool.
–  O curso precisa começar e terminar em Dezembro de 2019
– Taxa de matrícula

PS: Todas as demais despesas serão custeadas pelo ganhador

Termos e condições:
– O prêmio não é transferível, não é conversível em dinheiro e não pode ser alterado;
– O curso está sujeito aos Termos e Condições da Kaplan International Languages;
– O prêmio não inclui refeições, atividades sociais, ou impostos adicionais;
– O prêmio deve ser utilizado até dia 31 de Dezembro de 2019;
– O vencedor deve ser maior de 18 anos;
– A participação neste sorteio deverá estar vinculada à obediência a todas as exigências elencadas na postagem OFICIAL do Instagram;
– A @mialvess entrará em contato com o ganhador através de uma mensagem no privado do Instagram. O ganhador deverá informar seus dados pessoais em até 24 horas após o envio da mensagem. Caso o ganhador não retorne o contato, um novo vencedor será escolhido;
– A Kaplan International Languages não se responsabilizará por quaisquer atos que o contemplado venha a cometer em afronta aos bons costumes, à moral e às leis do país de destino durante a viagem, como da mesma forma não assume qualquer responsabilidade por eventuais acidentes ou ocorrências resultantes de força maior, que fuja totalmente de seu controle e venha a causar danos materiais ou físicos aos mesmos durante a viagem;
– Todos os comentários com conteúdo ofensivos serão invalidados e deletados. Em caso de insistência o usuário será bloqueado. 
– A data da viagem, uma vez confirmada, não pode ser alterada;
– Os participantes só podem fazer um comentário;
– O ganhador precisa residir no Brasil e ter nacionalidade Brasileira;
– O perfil do instagram do vencedor precisar estar público no dia da realização do sorteio;
– Os documentos pessoais do ganhador necessários para a realização da viagem, tais como passaportes, vistos (se necessários), autorizações, entre outros, são de inteira responsabilidade do ganhador, não cabendo à Kaplan International Languages qualquer obrigação;
– Caso o ganhador não comprove a documentação necessária para efetuar o intercâmbio, tais como: passaporte e vistos, a Kaplan International Languages tem direito de escolher um novo ganhador;
– O ganhador será escolhido com base em uma apuração subjetiva feita pela equipe da Kaplan International Languages e da Mi Alves;
– O ganhador terá o seu intercâmbio documentado e filmado pela equipa da Kaplan International Languages. O conteúdo produzido será utilizado pela Kaplan International Languages sem limitações e por tempo indeterminado. 

Qualquer dúvida, entre em contato com a gente! www.instagram.com/kaplanbrasil

Boa sorte <3

Como Fazer o Roteiro de Viagem?

Eu vivo compartilhando dicas super legais sobre viagens lá no meu canal do Youtube, e sempre trago as informações e links mais importantes que eu comentei por lá, aqui pro blog. Dessa forma fica muito mais fácil, você pode salvar esse post aí nos seus favoritos e consultar sempre que quiser!

Quem aí já viu o post e vídeo sobre Como Organiza uma Viagem Internacional?” Se você não viu, eu indico dar uma olhadinha e depois voltar nesse post aqui, combinado? Clica aqui pra ver o post.

Hoje eu vou compartilhar com vocês todos os sites, dicas e segredos que eu uso para fazer os roteiros das minhas viagens! Vocês já viram, né!? O Blog tá cheio de roteiros, e eu realmente amo planejar tudo!

Ah, antes de começar com as dicas quero deixar um link com a Planilha para você fazer o planejamento e os roteiros dia a dia para a sua viagem. Essa planilha me ajuda muuuito na hora de me organizar, e acredito que vá ajudar você também. CLIQUE AQUI PARA BAIXAR A PLANILHA!

Agora sim, vamos às dicas:

  1. Destino

    Como tudo na vida precisa ter um começo, um start, o roteiro também precisa. E parece bobo citar “destino” como o primeiro passo para fazer o roteiro, mas não é viu? Você precisa saber pra onde vai, pra daí sim começar a organizar as ideias e lugares que quer conhecer. Quem tem uma viagem marcada para somente um destino, como por exemplo NYC por 10 dias, já sabe a data de ida e volta. Agora imagina alguém que vai fazer um mochilão pela Europa, ou uma viagem conhecendo vários estados dos EUA? A coisa fica mais complicada, por isso você precisa decidir certinho quais serão os destinos e pular pro próximo passo!

  2. Pesquisa

    Pesquise, pesquise, pesquise muito! Eu adoro assistir vlogs no Youtube, séries na Netflix, filmes que tenham sido gravados no meu destino, documentários e etc. A série de viagem que eu tô mais curtindo assistir ultimamente é Brasileiros Pelo Mundo, um pouco antiga, mas ainda existe alguns episódios no YouTube.

    Além disso, amo pesquisar no TripAdvisoro que fazer em tal lugar?” e ele lista certinho os lugares mais populares, os que receberam mais elogios, e etc.

    DICA: Para te ajudar a organizar todas as ideias e lugares, crie uma lista e coloque nela todos os lugares que você viu nos filmes, séries, vlogs e posts, e aí na hora de montar o roteiro você já tem uma listagem do que gostaria de visitar! 

  3. How Long?

    Isso aí, “quanto tempo” você vai ficar em cada lugar? No começo, quando você escolhe os destinos você ainda não tem muita ideia de tudo que irá visitar em cada cidade/país porque as vezes nem pesquisou direito sobre cada coisa, né? Depois de ter criado a listinha (como eu citei no item 2 desse post), você pode ver quantos dias irá precisar ficar em cada lugar conforme a quantidade de coisas, lugares e atrações que você quer visitar. Fácil, fácil!

  4. Hospedagem

    Essa é uma parte bem importante do roteiro. As pessoas costumam se basear muito no que vão fazer na cidade, conforme o lugar em que elas estão hospedadas. Como eu disse no vídeo lá do canal, não adianta optar por um hotel super barato se ele fica a quase 1 hora do centro e dos pontos turísticos. Você só irá gastar tempo, e dinheiro de transporte. Mais vale você escolher um hostel/hotel um pouquinho mais caro, mas que seja perto de tudo que você quer ver, principalmente se o seu tempo naquela cidade/país for curto. Eu sempre uso sites como o Booking.com ou Hostels.com para pesquisar Hotéis e Hostels. Você pesquisa o lugar, quantos hóspedes, e por quanto tempo você ficará por lá. E magicamente, ele lista os hotéis mais baratos ou os de melhor localização, tudo depende do que você quer. Tem todo tipo de filtro! Além disso, eesses sites mostram no mapa a localização do Hotel, e você já consegue ter uma ideia se fica longe dos pontos que você quer visitar, ou não.

    booking-pesquisar-hoteis

  5. Rotas – Deslocamentos Curtos, pfvr!

    É hora de montar o roteiro em sí, ver todas aqueles lugares que você quer visitar, tomar forma e ganhar um dia e horário para a visita. Essa é com certeza minha parte favorita! <3 Eu uso os sites GoogleMaps e MyMaps para criar os roteiros.

    No GoogleMaps eu coloco o primeiro ponto como sendo o hotel/hostel e aí vou encontrando qual é o lugar daquela lista que eu fiz, que fica mais próximo do hotel, e depois o segundo mais próximo, e aí o terceiro mais próximo que também é próximo do segundo ponto, e assim vai! É importante ficar atento ao horário de funcionamento de cada lugar, tá? Muitas vezes os museus não abrem na Segunda-Feira, então não tente colocar os museus no roteiro da segunda, e esse tipo de coisa.

    No MyMaps você pode dividir seu roteiro por dias e saber certinho o que irá fazer em cada um dos dias da viagem. Além disso, da pra categorizar os pontos de interesse, por exemplo: Os vermelhos são museus, os azuis são atrações, os verdes são restaurantes, etc.

    my-maps-roteiro-amsterdam-dani-noce

    Este roteiro acima é um exemplo que eu peguei da Dani Noce. Veja aqui. 

    O outro app que eu adoro, e esse é pra celular, é o GoogleTrips! Que app sensacional <3 Você cria uma trip dentro dele, coloca o lugar de destino, quanto tempo ficará por lá, e ele cria roteiros prontos pra você, ou então, te mostra os lugares mais favoritados pela galera, os melhores restaurantes da região e muitas outras coisas legais! Fica a dica viu, baixa aí! CLIQUE AQUI PARA BAIXAR. 

    google-trips

    E quando você não sabe como ir de um lugar pra outro? Eu achava que ir de Londres pra Bruxelas seria apenas de avião, já que precisa atravessar uma parte do oceano, mas que nada! O site Rome2Rio me mostrou que tem muitas outras possibilidades, como carro, trem, ônibus… irado né? É só colocar na home do site o lugar onde você está e pra onde você quer ir, ele te mostra detalhadamente o preço, forma e horário de cada meio de transporte. No último mochilão pelo Leste Europeu, eu fiz muita coisa de Flixbus e economizei uma grana enoorme em transporte.. ônibus pela Europa é com certeza a forma mais barata de se locomover.

  6. Tabelinha no Excel

    Mas e aí, vai colocar os gastos e marcar cada parte do roteiro aonde? Na tabela que eu criei pra vocês, é claro! Sério, eu uso essa tabela a ela me ajuda muuuito na hora de separar cada parte da viagem. Quanto gastei com visto, passagem, acomodação, hotéis em outras cidades, transportes (desde avião até uma passagem de ônibus) e até o que eu levei, esqueci e deveria ter anotado pra levar na mala de viagem. Eu não vou falar muito da tabela, porque ela se explica sozinha, mas o link para baixá-la é este aqui.

Como vocês podem ver na foto, eu marquei com um retângulo preto, as outras abas da tabela! Então tem muuita coisa pra preencher e ser feliz, tá? Depois me conta se ela te ajudou!

Basicamente na primeira aba você coloca todos os gastos gerais da viagem e organiza as reservas de hoteis e tickets de transporte, atraçoes e museus. Na segunda aba você constrói o seu roteiro dia a dia, ou seja: o que você vai fazer em cada horário do seu dia, com observações e espaço para colocar quanto gastou naquele dia, etc.

Curtiram esse montão de dicas? Acho que mereço um share desse post e um like no vídeo abaixo <3

Motivos para Praticar Pilates

Em Maio de 2017 eu comecei a praticar pilates na Academia Viva Fitness aqui em Blumenau-SC e desde então eu me sinto tão feliz, realizada e de bem comigo mesma.

Eu sempre tive um problema com academia, exercícios físicos, ou qualquer outra modalidade que exigisse muito do meu corpo, movimentos rápidos, peso, dor.  Sempre me matriculava na academia, me obrigando a praticar alguma coisa, e depois de algumas semanas, desistia. No pilates eu encontrei o equilíbrio do meu corpo e da minha mente.

É louco pensar como uma técnica consegue envolver tantas coisas, como: respiração, paciência, força, movimentos leves, calmaria…

Acredito que você já tenha ouvido falar do Pilates, não é? Mas aposto que não sabe sobre sua origem, benefícios e a que tipo de pessoa ele é indicado. A maioria das pessoas me olha com cara de “nossa como você é uma senhora de idade” quando eu falo que faço pilates, mas muito pelo contrário meu caro, deixa eu explicar direitinho:

O pilates é um método de condicionamento físico que surgiu na Alemanha em meados do século 18 pelo incrível Joseph Pilates que praticava em si mesmo alguns exercícios de alongamento, que aparentemente são suaves, mas que exigem força e elasticidade.

Esse método atende aquele grupo de pessoas (tipo eu) que não se sentem bem em academias comuns, crossfit, corridas, e preferem atividades tranquilas, suaves e que tenham maior ligação entre corpo e mente.

O pilates exige muito da minha atenção, concentração, respiração e fluidez para que o exercício seja realizado da forma correta. Todo dia é um aprendizado novo e eu já me sinto muito mais calma, com menos ansiedade, além de ter melhorado muito a minha coordenação motora.

As aulas de pilates são feitas de forma individual ou no máximo em dupla, onde ficam somente você, sua parceira e a professora na sala com os aparelhos que também são padrão deste método. Além do pilates studio, com  os aparelhos, existe também o pilates mat, que é solo e utiliza somente colchonete, bola, elástico e outros poucos objetos.

Seja qual for o pilates que você escolher, pratique! Procure um bom estúdio na sua cidade e abra a oportunidade para uma aula experimental. Minha postura e dores nas costas melhoraram muito!

Se você for de Blumenau eu indico de olhos fechados o estúdio de pilates da Academia Viva Fitness, uma academia feita por mulheres, SÓ para mulheres!!!

Um beijo e até a próxima.